O antigo Presidente da República, Armando Guebuza, diz que Moçambique está a passar por grandes problemas, cuja superação passa pela activação da “auto-estima” nacional.

Questionado domingo, pela imprensa, sobre a actualidade do país, onde as dívidas ocultas e o seu impacto, e se este é ou não o país com que Eduardo Mondlane sonhara, Guebuza disse haver problemas.

“O país é um processo. Não há nenhuma sociedade perfeita, e não pode haver” disse, sem especificar sobre os problemas em causa, limitando-se apenas a dizer que “fazem parte do processo de desenvolvimento”.

“Há problemas, mas estes problemas não põe, de forma nenhuma em causa, a grandeza desta grande nação” frisou, apelando a auto-estima como o caminho para ultrapassar as dificuldades.

Questionado sobre a detenção de Manuel Chang, detido em conexão com as dívidas ocultas, contratadas pelo seu governo disse apenas que “é o tribunal que trata disso” e, perante insistências vincou: “Exaltemos a pátria. Eu luto pela minha pátria”.

Folha de Maputo