A Polícia da República de Moçambique neutralizou, na quinta-feira, uma quadrilha que se dedicava ao roubo de computadores nas escolas secundárias da cidade e província de Maputo. 

São ao todo cinquenta computadores e outro material informático que foram roubados nas últimas três semanas, por uma quadrilha composta por 10 indivíduos, dos quais três são autores morais e sete materiais.

Os indiciados contam que subiam o muro e, com recurso a instrumentos contundentes, arrombavam as portas e retiravam os computadores.

Depois de roubar os computadores, os malfeitores entregavam-nos ao seu comparsa para formatá-los e posterior venda.

O comprador, comerciante já há algum tempo, não questionou a proveniência dos computadores, tendo-se limitado em adquirir o produto roubado.

Por sua vez, a Polícia assegura que os indivíduos ora detidos, serão responsabilizados pelos crimes de que são acusados.

O porta-voz da Polícia na cidade de Maputo, Leonel Muchine disse que a corporação não vai descansar enquanto não dar a devida resposta aos casos de roubo de material informático nas instituições públicas.

O País