Arrancaram hoje os exames do Ensino Secundário Geral. Pouco mais de 470 mil alunos da 10ª e 12ª classes serão submetidos às provas. A ministra da Educação garantiu que o processo iniciou sem sobressaltos em todo o país.

No total serão examinados 178.271 alunos da 10ª classe e 292.363 alunos da 12ª classe. Conceita Sortane fez avaliação positiva do início do processo e reiterou os apelos de combate à fraude académica.

Alguns alunos ouvidos pela nossa reportagem mostraram-se confiantes e já fazem planos dos cursos a seguir no futuro.

Entretanto, houve quem chegou tarde e acabou perdendo o exame de Português.

Mas ainda há como recorrer e fazer o exame na segunda época, que vai decorrer de 10 a 12 de Dezembro.

Na Escola Secundária Francisco Mayanga, a segurança foi reforçada com detectores de metais para evitar fraudes.

Só na cidade de Maputo serão submetidos aos exames da 10ª classe 65.976 alunos e 30.101 alunos da 12ª classe. Os exames da manhã arrancam às 7h30, os da tarde às 12h30. A tolerância para atrasos é de 10 minutos.

O País