Uma menor de apenas quatro anos de idade foi violentada pelo seu próprio irmão, no passado sábado, no bairro do esturro, na cidade da Beira. O agressor, de 26 anos de idade, ora detido pela polícia, alegou que agrediu a criança, com recurso a uma tesoura como forma de reivindicar melhores tratamentos por parte da família.

“Agredi porque na minha casa me dão comida com xixi e eu estou a viver na garagem. Além disso os mais velhos dizem para ela vir me perturbar lançando pedras na minha porta”, alegou o indiciado.

Uma das parentes do agressor acredita que o mesmo partiu a violência motivado por consumo de drogas.

A polícia garante  que a menor foi violentada com recurso a uma faca e que  o caso será encaminhado ao tribunal. A menor encontra-se fora de perigo.

O País