Ivone Soares, membro da Renamo, desafia o Conselho de Ministros a basear-se na constituição da República e não em outras leis para sentenciar Manuel de Araújo nas funções do cargo de edil de Quelimane.

Ivone Soares diz que a Renamo vai resistir a decisão do Governo, que no seu entender visa prejudicar o autarca para não ser cabeça-de-lista pela Renamo, nas eleições de 10 de Outubro.

Soares que falava a membros da Renamo em Quelimane, deixou claro que ” o cabeça-de-lista da Renamo para o município de Quelimane nas eleições deste ano é Manuel de Araújo” disse que a constituição deve ser estritamente obedecida por todos os moçambicanos.

Soares entende que a decisão do Conselho de Ministro é meramente partidária porque a Frelimo reconhece o potencial dos cabeças-de-lista da Renamo.

O País