O actor indiano Shelley Malil vai sair da cadeia, após ter sido sentenciado a prisão perpétua, por ter esfaqueado Kendra Beebe, ex-namorada 20 vezes, em 2008.

Apesar dos vários golpes, a mulher sobreviveu ao ataque. O governador Jerry Brown pediu aos jurados para revogarem a decisão, mesmo que Malil tenha dito aos comissários no tribunal, citado no San Diego Union-Tribune, jornal norte-americano: “Eu não queria feri-la. Queria matá-la”.

Segundo o Independent, o actor, que participou em filmes como Virgem aos 40 Anos, atacou a Beebe com uma faca, mas a mulher conseguiu defender-se e tirar-lhe a arma. Depois, Malil usou um copo de vinho partido.

Kendra Beebe ficou com um pulmão perfurado e lesões graves na face. Malil esteve preso durante oito anos.

Esta revogação da sentença foi fortemente criticada por Summer Stephan, procuradora distrital, que disse: “Deixar que este indivíduo saia em liberdade, dado os seus actos violentos, é ignorar o verdadeiro perigo que representa para a segurança pública”.

CM