Depois de vencer a Supertaça e passar a primeira eliminatória da Taça CAF, o Costa do Sol continua na senda das vitórias, com a conquista, no Estádio Nacional do Zimpeto, do Top-8, ao vencer na final a Liga Desportiva de Maputo por 1-0, após prolongamento. O único golo foi marcado por Isac, aos 106 minutos.

Com o triunfo, o Costa do Sol conquistou o prémio de um milhão de meticais, além do troféu. Já a Liga saiu com 250 mil meticais.

Foi um jogo de domínio repartido, com os “canarinhos” a controlarem a etapa inicial, pecando apenas no capítulo de concretização, quer por Isac, quer pelo liberiano Terrence, que voltou a “encher o campo”, com cruzamentos, assistências e remates à baliza do Pinto.

Na segunda parte, a Liga superiorizou-se com Telinho a fazer alguma diferença ofensiva, enquanto o “capitão” Momed Hagí estabilizava todo o desempenho do grupo.

No prolongamento, os “canarinhos” estiveram melhores e, fruto disso, marcaram o golo solitário, por Isac. 

Antes da partida da final, o Ferroviário de Maputo venceu o Maxaquene por 6-5, resultado obtido na marcação das grandes penalidades, após empate sem golos registado no final do tempo regulamentar.

A festa da final do Top-8 ainda viveu momentos de atletismo, com duas corridas de 800 metros, em femininos, e 400 metros, em masculinos, durante o intervalo do segundo jogo, e ainda um jogo das camadas de formação, entre as academias 7 de Abril e Gonçalves Fumo, cujo resultado final foi 0-0.

Diário de Moçambique