Carlos Saíde é a pessoa certa para assumir as rédeas de Nampula e dar continuidade à governação do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) na cidade, anunciou quinta-feira (30) o partido na apresentação pública do seu candidato às eleições intercalares de 24 de Janeiro de 2018, no bairro de Namicopo.

O secretário-geral do MDM, Luís Boavida, disse que a eleição interna do candidato, que foi vereador da Urbanização no governo de Mahamudo Amurane – edil assassinado a 4 de Outubro por desconhecidos – foi transparente. E pediu aos membros do MDM para ignorarem as divergências.

Luís Boavida não poupou críticas a quem acusa o MDM de ter ignorado o deputado Rachade Carvalho, um dos três candidatos mais votados, em troca do actual, por causa de alegados interesses das elites do partido.

 

DW

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK