A União Desportiva do Songo goleou o Textáfrica, por 5-0, em jogo da 28ª jornada, e confirmou a conquista do Moçambola-2017, já que o Costa do Sol não foi para além de um empate (1-1) em casa com o Chibuto FC.

Os pupilos de Chiquinho Conde fizeram a festa da conquista do campeonato, o que acontece pela primeira vez no clube, que no ano passado ganhou a Taça de Moçambique. A UD Songo ainda pode fazer a “dobradinha” nesta temporada.

O título já dificilmente fugiria à equipa de Tete, mas o Costa do Sol tratou de “acelerar” o processo, ao consentir empate caseiro diante do Chibuto FC, ficando assim as contas no topo definidas: a UD Songo passou a somar 62 pontos, contra 52 dos “canarinhos”, que ainda têm um jogo a menos, isto quando faltam duas jornadas para o final do evento.

Após a confirmação da conquista do troféu, Songo vestiu-se de gala e a festa foi de arromba, até noite adentro.

Se a UD Songo fez a festa do título, em baixo da tabela classificativa a UP do Niassa confirmou a sua despromoção, ao perder em casa com a Liga Desportiva de Maputo, por 0-3, juntando-se assim à UD Macuácua, que já tinha o destino definido.

Falta agora encontrar-se a terceira equipa que será despromovida do Moçambola. O Chingale de Tete, que nesta ronda viu o seu jogo com o Ferroviário da Beira adiado, devido aos compromissos das Afrotaças dos “locomotivas”, é o candidato principal, mas também o 1º de Maio de Quelimane, Maxaquene, Ferroviário de Nampula e Textáfrica de Chimoio ainda não confirmaram a manutenção.

O Maxaquene, que ontem venceu o 1º de Maio de Quelimane (1-0), deu um passou rumo à permanência, ultrapassando o adversário do dia na classificação.

Já a ENH de Vilankulo, que recebeu e bateu o Ferroviário de Nacala (1-0), garantiu matematicamente a manutenção, subindo ao novo lugar.

O Desportivo de Nacala derrotou o Ferroviário de Nampula (1-0) e subiu ao quarto posto, ultrapassando o Chibuto FC, que tem os mesmos 42 pontos.

Também vitorioso na ronda saiu o Ferroviário de Maputo, que foi ganhar em Chibuto à AD Macuácua, por 1-0.

A próxima ronda, a 29ª, só será disputada daqui a três semanas. Entretanto, na quarta-feira joga-se na Beira a partida em atraso da 20ª ronda, entre o Ferroviário local e o Costa do Sol.

O próximo final de semana está reservado para os jogos da segunda “mão” das meias-finais da Taça de Moçambique. A ENH de Vilankulo recebe a UD Songo, no sábado, depois de ter perdido na primeira “mão” por 0-1, e o Costa do Sol joga no seu campo com o Ferroviário de Maputo, no domingo, após 0-0 no primeiro jogo. A final será jogada em apenas uma partida, no dia 4 de Novembro.

No final de semana seguinte o campeonato estará parado para os jogos amigáveis dos Mambas, integrado na data FIFA, estando já confirmado o embate com a Guiné Equatorial, no dia 8 de Outubro, fora de portas. Por confirmar está o jogo com o Cabo Verde, em Portugal, quatro dias depois.

Diário de Moçambique

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK