Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) encontra-se detido no distrito de Chongoene, em Gaza, indiciado de ter facilitado, semana passada, a fuga de um perigoso cadastrado que se encontrava nas celas daquela mesma unidade policial distrital.

Segundo apuramos junto do porta-voz da PRM em Gaza, Edgar Juvane, o policial ora detido poderá responder em tribunal, alegadamente por negligência profissional e colaboração com malfeitores.

A nossa fonte recusou-se a revelar a identidade do policial ora detido, nem do recluso fugitivo e muito menos dar a conhecer se o primeiro terá ou não beneficiado de algum valor monetário para a soltura do referido enclausurado, ainda em parte incerta.

O nosso agente policial já está detido e investigações continuam no sentido de se apurar até que ponto ele foi cúmplice na fuga daquele recluso, tendo em conta que tinha como missão velar pela segurança e permanência de reclusos que se encontram a cumprir suas penas naquele estabelecimento prisional”, disse Juvane.

Acrescentou que além do policial já detido, outros agentes estão sendo investigados no mesmo caso para se apurar o envolvimento dos mesmos na fuga de daquele perigoso cadastrado, cujo nome escusou-se a revelar.

As autoridades de Justiça, incluindo o sector da Polícia, estão a trabalhar no assunto para de apurar qual é o grau de envolvimento de cada um dos agentes que tinham como missão velar pela protecção, segurança e guarda dos que se encontravam encarcerados naquela unidade prisional, e todos incorrem a processos disciplinares por negligência no âmbito das duas atribuições profissionais. Vamos esperar pelo resultado da investigação que está em curso”, anotou Juvane.

Diário de Moçambique

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK