Policiais disfarçados descobriram que um prédio que estava registado como uma igreja era, na verdade, uma boate de striptease e de troca de casais. O caso ocorreu em Nashville, nos Estados Unidos. 

Segundo a TV WTVF, a prefeitura da cidade abriu um processo contra os donos do local por “incómodo público” e por violar uma lei local que impede estabelecimentos de entretenimento adulto de operar perto de escolas.

A boate, que também funciona como um clube de swing, funcionava no centro da cidade, mas se mudou em 2015. Foi nesta época também que os donos registaram o prédio de funcionamento da unidade como uma igreja, porque o local fica ao lado de uma escola.

Os policiais disfarçados visitaram o estabelecimento em Março e detalharam tudo o que viram lá dentro às autoridades municipais.

Eles encontraram quartos com camas, alguns com paredes baixas que permitiam a visão do que ocorre no interior. Os policiais também afirmaram ter notado “actividade sexual” no interior do prédio.

A prefeitura, agora, quer fechar a boate.

UOL

COMENTE PELO FACEBOOK