carregando...

O terminal de carga do Aeroporto Internacional da Beira, sob gestão da firma Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), está sem balança para pesagem de encomendas há duas semanas e o facto já aborrece os clientes da companhia de bandeira nacional.

Devido à avaria da referida balança, os utentes daqueles serviços são obrigados a pesar as encomendas no balcão de check-in da empresa que funciona no interior do Aeroporto Internacional da Beira, voltando depois ao terminal com a carga para efeitos de pagamento, num vaivém que acarreta custos porque envolve bagageiros particulares.

O “Diário de Moçambique”, que na manhã de ontem presenciou o triste cenário no local, ao princípio da tarde contactou a delegada da LAM na Beira, Tenza Muamudo, que lamentou os transtornos que estão ser causados e esclareceu que a preocupação já está ao nível central da empresa e que brevemente o problema será resolvido.

Depois de explicar que a balança para aviação não é qualquer balança, pois deve ser rigorosamente testada e calibrada, a fonte avançou duas possibilidades: ou virá alguém de Maputo para reparar a balança avariada, ou será adquirida uma nova.

Diário de Moçambique

COMENTE PELO FACEBOOK