Cerca de cinco igrejas juntaram-se no último final de semana para orar pela paz efectiva e pela prorrogação da trégua no país.
 
O acto teve lugar na manha de domingo último na cidade de Chimoio e que foi bastante concorrido pelos crentes das cinco setas religiosas em causa.
 
Na ocasião o presidente do Conselho Cristão de Moçambique em Manica, Júnior Rafael, disse que a oração deve continuar, com vista a paz efectiva esperada em Moçambique seja alcançada.
 
Acrescentou ainda que não se justifica que o povo cristão pratique atrocidades entre outros males dai que esforços conducentes a paz estão a continuar em Manica e no pais em geral.
 
Armindo Cinturão e Angélica Lipopo, alguns participantes da oração promete continuar a orar ate que as partes em conflito se entendam definitivamente e que as armas parem de tocar.
 
Refira-se que estas palavras foram proferidas no ultimo fim-de-semana a quando da oração pela paz efectiva e pela prorrogação da trégua no país.

Abrahamo Cufa – Manica