A Polícia da República de Moçambique  (PRM) a nível da cidade de Maputo,  mostra-se preocupada  com o  abandono sinistral  após os acidentes de viação.

A preocupação foi manifestada  pelo porta-voz da PRM a nível da cidade de Maputo, Orlando Mudumane, durante o habitual briefing à imprensa.

Segundo Mudumane, na  semana passada a PRM registou oito acidentes, que resultaram em três óbitos e 14 feridos, sendo cinco com gravidade, contra os 17 acidentes registados em igual período do ano passado.

No mesmo período, a Polícia registou três situações de abandono de sinistro, que resultaram na detenção de dois indivíduos.

Do total dos acidentes, quatro foram do tipo atropelamento carro/peão, dois choques entre carros, um despiste e capotamento e um choque contra obstáculo fixo.

Mudumane destacou a detenção de 56 indivíduos indiciados na prática de vários crimes, sendo 36 contra propriedade, 12 contra ordem e tranquilidade públicas e os restantes contra pessoas.

A Polícia de Trânsito fiscalizou 5.749 viaturas, tendo apreendido 27 por diversas irregularidades. Este ramo da corporação policial, pelo menos impôs 1.395 avisos de multa aos automobilistas infractores e submeteu ao teste de alcoolemia 149 automobilistas. Destes últimos, 47 foram encontrados a conduzir sobre forte efeito de álcool.