O Sporting e o Benfica assinalaram o clássico da 20 jornada da Liga Portuguesa, disputado na noite de ontem (08) no Estádio de Alvalade, com um empate a uma bola. Num jogo com poucas oportunidades claras de golo, o Sporting mostrou-se mais empenhado em ganhar vantagem, o que viria a acontecer no minuto 87 por intermédio de Jefferson, mas Jardel fez o golo de empate no minuto 90+4.

Com este empate, depois da vitória do FC Porto, o Benfica vê o seu maior perseguidor reduzir a distância pontual, ficando a apenas quatro pontos.

No final da partida, os dois treinadores apareceram na zona mista com opiniões totalmente diferentes e foi Jorge Jesus a mostrar-se “satisfeito” com o empate.

“Na primeira parte foi um jogo muito intenso em termos de posicionamento táctico, com as duas equipas a anularem-se uma à outra. Na segunda parte, com o cansaço começou a haver mais espaço. O Sporting teve alguma vantagem nesse espeto, mas sem nos criar grandes problemas ou ocasiões de golo. Aliás, a grande oportunidade de golo, tirando o golo do Benfica e do Sporting, é do Benfica, numa jogada entre o Jonas e o Lima”, disse J. Jesus na zona de entrevistas rápidas à SportTV.

“Acreditei com o desenrolar do jogo que isto terminasse zero a zero, nunca acreditei que o Sporting tivesse a capacidade para fazer golo, mas também não vi o Benfica com essa capacidade. Sabíamos que a vantagem pontual que temos para o Sporting, em caso de empate, sorria melhor ao Benfica”, acrescentou.