A selecção moçambicana de basquetebol feminino derrotou ontem, em Maputo, a sua congénere angolana pela marca de 70-37, 33 pontos de diferente, em jogo do torneio internacional alusivo ao 39º aniversário da independência de Moçambique.

Esperava-se a reedição da final do Afrobasket Maputo-2013, de Setembro último, ganho no mesmo pavilhão pelas angolanas. O desafio deste Domingo entre os dois representantes de África no Campeonato Mundial da Turquia-2014 colocou frente-a-frente Moçambique na máxima força e a selecção angolana sem a grande maioria das campeãs africanas.

Deste modo, tudo saiu facilitado para Moçambique. Os 33 pontos de diferença espelham aquilo que se assistiu no pavilhão de Maxaquene, não a realidade do basquetebol de ambos os países.

As duas selecções voltam a medir forças na terça-feira, também no pavilhão do Maxaquene. O terceiro encontro deverá acontecer na quarta-feira, feriado nacional, na cidade de Chimoio, capital da província de Manica, fazendo assim uma viagem das Samurais na digressão pelo pais a contar para a preparação da participação no campeonato do mundo a ter lugar na Turquia.

Recorde-se que este torneio internacional devia ter contado com a presença da selecção de Cuba, igualmente apurada para o Mundial, mas que por razões desconhecidas, as campeãs sul- americanas não viajaram para Maputo.

Para além da Cuba esperava-se que o torneio tivesse a participação da selecção da cidade de Maputo, composta por atletas que militam nos clubes da capital moçambicana que acabaram ficando de fora pela ausência da selecção cubana.