A Moviflor inaugurou ontem a sua primeira loja em Maputo
A Moviflor inaugurou ontem a sua primeira loja em Maputo.
Numa cerimónia que contou com a presença do Ministro da Indústria e do Comércio, Dr. Armando Inronga e outros ilustres convidados, a Moviflor abriu as portas da sua nova loja, na Avenida da Zâmbia, em Maputo, que também irá centralizar serviços de gestão e logística.

A unidade da Moviflor contará com uma área de 4700 m2, da qual faz parte uma Área de Exposição de 3100 m2, onde se pode encontrar todo o tipo de mobiliário e decoração para salas, quartos, cozinha e escritórios. Para além disto, a Moviflor oferece ainda uma gama completa de serviços complementares desde a entrega e a montagem, o aconselhamento profissional na decoração de grandes espaços habitacionais ou empresas e ainda o acesso ao crédito para a compra.

Para a concretização deste projecto foram até agora investidos aproximadamente 14 milhões de dólares e criados 60 postos de trabalho directos, contribuindo para a dinamização desta área de negócio em Moçambique, mas também para o desenvolvimento do tecido empresarial local, nomeadamente pelo estabelecimento de parcerias com empresas e agentes económicos e sociais.

Para Luís Fialho, Administrador da Divisão Internacional da Moviflor, “a entrada da Moviflor em Moçambique é o resultado de muito trabalho, humildade e capacidade de integração. Queremos replicar, em Moçambique, a experiência bem-sucedida da nossa loja em Luanda, há cerca de quatro anos, tornando acessível a aquisição de mobiliário e objectos de decoração para todos os clientes, com design, qualidade e exclusivos para que a maioria das pessoas viva com mais a alegria as suas casas,”

Sobre a Moviflor em África

O processo de internacionalização da Moviflor arrancou em finais de 2007 quando a empresa de móveis virou atenções para Angola e comprou a Decolar. A primeira loja em Luanda, com 65 trabalhadores, facturou dez milhões de euros nos primeiros seis meses de actividade, uma venda média superior à alcançada nas unidades portuguesas. Neste momento, já está previsto um plano para aumentar o numero de unidades em Angola.

Em Portugal, a marca mais antiga de mobiliário e decoração já conta com uma cadeia de lojas com 80.000 m2 de área de venda, 1200 empregados e 150 viaturas de distribuição, sendo líder no seu sector.