Internacional Ataques em Rafah: ONU condena e Israel promete investigação

Ataques em Rafah: ONU condena e Israel promete investigação

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, expressou forte preocupação com os recentes ataques israelitas a um campo de deslocados em Rafah, na Faixa de Gaza.

Os bombardeamentos resultaram na morte de muitos civis que buscavam abrigo. Guterres enfatizou que já não existe um lugar seguro na região.

Segundo as autoridades palestinianas, os ataques ocorridos no domingo causaram pelo menos 50 mortes. O grupo Hamas, por sua vez, respondeu disparando uma grande barragem de foguetes em retaliação aos ataques israelitas contra civis.

Enquanto a ONU afirma que o ataque israelita resultou em vítimas civis, as Forças de Defesa de Israel alegam que atingiram um complexo do Hamas, onde operam terroristas importantes.

O Governo israelita prometeu investigar o incidente. Avi Hyman, porta-voz do governo, destacou a seriedade da situação e reiterou o compromisso de limitar as perdas civis. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, classificou o ataque aéreo como “um incidente trágico”, mas a comunidade internacional condenou amplamente essa escalada de violência.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.