Sociedade SENAMI apela à fiscalização em Cabo Delgado

SENAMI apela à fiscalização em Cabo Delgado

Serviço Nacional de Migração quer intensificar fiscalização migratória em Cabo Delgado, Moçambique. Apelo vem depois do Presidente Filipe Nyusi ter criticado presença excessiva de estrangeiros ilegais na província.

O director-geral do SENAMI, Fulgêncio Seda, que se encontra de visita à província de Cabo Delgado, apresentou sábado o efectivo que passará a operar no novo posto de fiscalização migratória no distrito de Montepuez.

“A vossa missão principal é se deslocarem ao interior do distrito para fiscalizar os estrangeiros. Aquele que não estiver legal, naturalmente deverá ser interceptado, encaminhado para os devidos lugares e repatriado, se for o caso”, disse Fulgêncio Seda, citado pela DW.