Início Sociedade Mariano Nhongo fugiu da PRM em Sofala

Mariano Nhongo fugiu da PRM em Sofala

Polícia moçambicana chegou ao esconderijo do antigo líder guerrilheiro dissidente da RENAMO, mas não o conseguiu deter. Mariano Nhongo fugiu quando sentiu a aproximação das forças de segurança.

Mariano Nhongo lidera um grupo de antigos guerrilheiros da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO) suspeito de matar 30 pessoas, desde 2019, como forma de contestar o acordo de paz assinado naquele ano e as condições que lhes são oferecidas para o desarmamento.

A descoberta do esconderijo no centro do país, na localidade de Mazanga, em Inhaminga (distrito de Cheringoma, província de Sofala) foi feita na sequência de “operações de perseguição iniciadas no dia 28 de setembro, dirigidas pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS)”, disse na quarta-feira (06.10) o porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), Anelton Zandamela, numa declaração feita na cidade da Beira.

Nhongo e alguns dos seus homens “saíram em debandada” quando sentiram a aproximação das FDS, deixando para trás roupa, comida, utensílios de alimentação e medicamentos, acrescentou, sem fazer referência a qualquer apreensão de armas ou dinheiro.

FONTEDW
Artigo anteriorGoverno encerrou praias por 15 dias por desrespeito das medidas de prevenção
Próximo artigoJogadores guineenses sofreram intoxicação alimentar após o jantar em Marrocos