Início Sociedade Sete jornalistas sofreram agressão e detenção por agentes da polícia durante manifestação...

Sete jornalistas sofreram agressão e detenção por agentes da polícia durante manifestação em Nampula

Sete jornalistas foram agredidos e detidos em Nampula durante uma manifestação. A polícia nega as agressões, mas confirma as detenções por alegada falta de identificação.

Depois da agressão a quatro jornalistas, a 30 de junho, por parte de agentes da Polícia Municipal de Nampula, na quinta-feira (09.09) mais sete profissionais da comunicação social foram alvos de agressões em pleno exercício laboral.

Trata-se de Leonardo Gimo e Edmilson Ibraimo, jornalista e repórter de imagem da TV-Sucesso; Osvaldo Sitora, repórter de imagem, Emerson Joaquim, jornalista da Afro TV, Alberto Júnior e Manuel Tadeu, da HAQ TV, assim como Celestino Manuel, colaborador da Média Mais. Este último ficou algemado durante cerca de 30 minutos num dos compartimentos do INAS e viu o seu equipamento confiscado pela polícia. Entretanto todas as vítimas foram libertadas e os equipamentos foram devolvidos. O jornalista Alberto Júnior relata como tudo aconteceu.

Os jornalistas já denunciaram o caso às organizações de defesa dos profissionais de comunicação social a nível da província, nomeadamente, o Núcleo Provincial do MISA-Moçambique, o Sindicado Nacional de Jornalistas (SNJ), e a própria polícia.

FONTEDW
Artigo anteriorVagas de emprego do dia 09 de Setembro de 2021
Próximo artigoMISAU noticiou mais 3 mortes e 175 casos em 24 horas