Início Desporto Mau estado da relva do estádio nacional do Zimpeto pode comprometer qualificação...

Mau estado da relva do estádio nacional do Zimpeto pode comprometer qualificação ao Mundial Qatar 2022

O estádio nacional do Zimpeto corre risco de ser reprovado devido ao mau estado da relva para a realização de partidas de qualificação ao Mundial Qatar 2022.

Ontem o recinto foi alvo de uma inspecção por parte da Confederação Africana de Futebol(CAF). Derek Blanckensee, sul africano de 65 anos de idade, e Director Geral do Orlando Pirates, foi o enviado pela confederação Africana de Futebol, para inspecionar o estádio nacional do Zimpeto.

O inspector CAF, visitou diversos compartimentos do recinto desportivo, desde a cabine da
imprensa, de onde contemplou o recinto. A seguir desceu ao palco, o local mais importante, onde viu ao detalhe, o estado da relva, onde analisou o tamanho e a qualidade, depois adiantou a sua avaliação, ao secretário geral da Federação Moçambicana de Futebol, que o acompanhava na ocasião.

“Infelizmente ele [Derek] lamenta o piso [relva], que todos conhecemos o estado, assim como o plano do Governo e da Federação. Não temos tido tempo suficiente para mexermos o campo, mas acreditamos que depois dos jogos faremos algum trabalho” disse o Secretário-Geral da FMF Hilário Madeira.

A  inspecção realizada na última quinta-feira, 09 de Setembro ao estádio nacional do Zimpeto, acontece no âmbito da aprovação provisória, para a realização do jogo com a Costa do Marfim, na primeira jornada da zona africana de apuramento ao Mundial Qatar 2022.

FONTEFolha de Maputo
Artigo anteriorUnião Africana acusa líderes mundiais de incumprimento da promessa de compartilhar vacinas contra covid-19
Próximo artigoVagas de emprego do dia 10 de Setembro de 2021