Início Sociedade Maputo: Xipamanine passa a ter novo terminal de chapas

Maputo: Xipamanine passa a ter novo terminal de chapas

Os transportes públicos de passageiros de várias rotas da cidade e província de Maputo passam, a partir da próxima semana, a utilizar um novo terminal situado no mercado anexo de Xipamanine, distrito de Nhlamankulu, na cidade de Maputo.

O novo terminal vai funcionar no espaço do antigo edifício de Salubridade do Conselho Municipal da Cidade de Maputo (CMCM).

O projecto insere-se na requalificação do mercado do Xipamanine, a ser concebido pelas direcções municipais dos Mercados e Feiras e de Mobilidade, Transporte e Trânsito.

Neste contexto, a comissão dos vendedores demoliu, quinta-feira, dois alpendres numa área de mais de 1400 metros quadrados, para a instalação do novo terminal.

De acordo com Efraime Manhique, chefe da comissão dos vendedores, trata-se de um projecto que visa encorajar os informais que continuam a vender nos passeios a abandonar estes locais e ocupar as bancas vazias no mercado anexo do Xipamanine.

“Grande parte dos informais desenvolvem as suas actividades nas paragens e terminais de transportes rodoviários, daí a necessidade da transferência do terminal para o interior do mercado anexo, com vista a atrair o vendedor e o cliente para este local”, explicou.

Os operadores dos semi-colectivos de passageiros enalteceram a iniciativa e afirmaram que o actual terminal de Xipamanine está longe de oferecer condições condignas para o exercício do seu trabalho, devido a imundície.

Para os vendedores, a aproximação do mercado e terminal vai minimizar o problema da falta de clientes e da concorrência desleal por parte dos que permanecem nos passeios.

A remodelação deste espaço contempla a construção de bancas, barracas, sanitários, entres outros, para acolher mais de três mil vendedores informais.

Artigo anteriorBolsonaro marca nova passeata com motociclistas para 23 de maio no Rio
Próximo artigoMinistros da Saúde da SADC reúnem-se virtualmente para discutir apoio à COVID-19