Mais cinco pessoas morreram vítimas do novo coronavírus em Moçambique, elevando o número de óbitos para 197, tendo ainda 395 novos casos, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

Das cinco pessoas de nacionalidade moçambicana, três perderam a vida ontem, e outras duas no domingo. Todas as vítimas estavam internadas em unidades hospitalares da cidade de Maputo, disse Benigna Matsinhe, diretora adjunta de Saúde Pública na atualização de dados sobre a pandemia.

O número de casos positivos, com os novos 395 casos anunciados hoje, subiu para 22.334, dos quais 22.018 são de transmissão local e 316 são importados.

A responsável anunciou ainda que mais 88 pessoas são dadas como recuperadas da doença em Moçambique, subindo o total para 17.623 (78%).

A cidade de Maputo, capital do país, concentra o maior número de pessoas ainda infetadas, com 2.706, do total de 4.510 casos ativos.

Desde o anúncio da primeira infeção em Moçambique, em 22 de março, foram testados um cumulativo de 290.733 casos suspeitos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.