O Pagamento da primeira tranche, no valor de 7500 meticais, correspondentes a três meses do subsídio às vítimas do ciclone tropical Idai, na Beira, não constituiu exclusão social.

A Secretária de Estado da província de Sofala, Stella Zeca, que, ontem, defendeu tal posicionamento, durante a II Conferencia Nacional da Sociedade Civil sobre Protecção Social, acrescentou que o apoio do referido subsídio, cuja quantia é de 2500 meticais por mês, significa alívio para as famílias vulneráveis