O País tem cumulativamente 1.864 casos positivos registados, dos quais 1.635 de transmissão local e 175 casos importados.

Até hoje sexta feira 31,, Moçambique testou cumulativamente 57.730 casos suspeitos, dos quais 1570 nas últimas 24 horas. Destas, 1.162 amostras foram testados em laboratórios do sector público e 408 amostras foram testados em laboratórios do sector privado.

Dos novos casos suspeitos testados, 1.514 foram negativos e 56 foram positivos para COVID-19 (54 casos novos são de transmissão local e 2 casos são importados).

O País tem cumulativamente 1.864 casos positivos registados, dos quais 1.635 de transmissão local e 175 casos importados.

Dos cinquenta e seis (56) casos hoje reportados, cinquenta e três (53) são indivíduos de nacionalidade moçambicana, um (1) sul-africano, um (1) zambiano e um (1) hondurenho.

Moçambique conta com um cumulativo de 44 indivíduos internados devido à COVID-19. Destes, sete (7) estão sob cuidados médicos nos centros de isolamento. Todos os internados padecem de patologias crónicas diversas, associadas a COVID-19.

Nas últimas 24h, o país registou duas (2) altas hospitalares. Destas, uma (1) ocorreu na Província de Tete e uma (1) na Cidade de Maputo. Os 2 indivíduos vão continuar com o tratamento em isolamento domiciliário. “Queremos informar que registamos mais três (3) casos totalmente recuperados da COVID-19. Um (1) na Província de Gaza e dois (2) na Província de Maputo. Todos os recuperados são cidadãos de nacionalidade moçambicana”, avança MISAU.

Do cumulativo de 1.864 casos positivos diagnosticados em todo o país, 641 (34.39%) indivíduos estão totalmente recuperados da Covid-19.

Actualmente o País tem 1.210 casos activos da COVID-19, distribuídos da seguinte forma: Província de Niassa – 22; Cabo Delgado – 261; Nampula – 230; Zambézia – 28; Tete – 19; Manica – 17; Sofala – 34; Inhambane – 28; Gaza – 53; Província de Maputo – 244 e Cidade Maputo – 274.