Miguel Fernando Naciala, Sub-Inspector da Polícia em serviço na província de Manica, foi detido, sob suspeita de ter emprestado fardamento a um cidadão para extorquir a população, no distrito de Sussundenga, província de Manica.

Naciala ingressou na corporação em 1988. Disponibilizava a sua farda a um jovem do policiamento comunitário para cometer crimes.

O chefe do Departamento das Relações Públicas no Comando da PRM, em Manica, Mário Arnaça, confirmou ontem, em Chimoio, a detenção do membro da Polícia, explicando que já foram abertos processos criminal e disciplinar para responsabilização.

Entretanto, nas últimas 48 horas, um cidadão perdeu a vida vítima de acidente de viação, ao longo da Estrada Nacional número Sete (EN7), quando um camião de longo curso colheu o jovem, de 21 anos de idade.

No mesmo período, a PRM deteve um motorista de uma viatura de passageiros, acusado de corrupção activa, que excedeu a lotação e, para se livrar da Polícia, tentou subornar um agente com 100 meticais.