Há cada vez mais pessoas a darem entrada no hospital provincial da Matola por conta do calor intenso que assola a zona sul do país. Nos primeiros 15 dias do mês de Janeiro deram entrada 1350 pacientes que sofriam de hipertensão e hipotensão incluindo queimaduras na pele.

Nos últimos dias os termómetros chegam a atingir 40 graus em algumas regiões da zona sul de Moçambique, facto que traz consigo doenças como queimaduras na pele e a hipertensão. Por causa dessas doenças, 40 crianças e 50 adultos dão entrada em média diária naquela que é a maior unidade sanitária da Província de Maputo. Zeinabo da Conceição da Direcção Provincial da Saúde, disse ao “O País” o calor esta a causar problemas de saúde as pessoas.

“Tem dado entrada nos hospitais vários casos de emergências hipertensivas alguns casos de queimaduras de primeiro grau por causa da depois de exposição ao sol, alguns problemas de pele devido ao calor excessivo”.

A cidade da Matola acolheu este sábado uma feira de saúde onde vários trabalhadores da OLAM Moçambique estiveram a beneficiar-se de vários serviços de saúde. “É uma oportunidade de terem consultas gratuitas, os trabalhadores e seus familiares, depois acompanhamento médico subsequente em função do que for aqui diagnosticado. Portanto vão ter mais cuidados médicos e nós achámos que esta é uma boa forma de começar o ano junto com os nossos trabalhadores”.

E porque para os próximos dias ainda prevê-se calor, a Saúde alerta para tomada de medidas preventivas.

O País