Um adolescente foi encontrado morto, na tarde de segunda-feira, num mangal, no bairro da Costa do Sol, na cidade de Maputo. Até aqui, desconhecem-se os motivos da sua morte e muito menos a sua identidade.

O corpo do adolescente que aparenta ter 16 anos, supõe-se que tenha sido levado para o local. Mas o facto menos curioso e não menos importante é que o adolescente foi encontrado de rosto virado para o chão, coberto de areia. O adolescente não apresenta sinais de ferimento e nem de afogamento.

“Naquele mangal ninguém mergulha. É pela primeira vez que isso acontece aqui na zona”, explicou Paulo Simango, chefe do quarteirão, acrescentando que o adolescente não é do bairro.

Quem também não sabe é Castigo Munguambe, guarda de uma das residências próximas do local onde foi encontrado o corpo.

“Eu ouvi vizinhos a comentarem sobre o sucedido, como não trabalhei ontem entrei esta manhã. Aproximei-me do local para identificar o corpo, mas desconheço o adolescente, não deve ser do bairro”, relatou Castigo Munguambe.

Até à saída do “O País”, aguardava-se pela chegada do Serviço Nacional de Investigação Criminal para fazer a perícia e remover o corpo. A Polícia promete pronunciar-se oportunamente.

O País