Moçambique é o país do mundo onde há maiores possibilidades de lavagem de dinheiro e de financiamento de terrorismo, revela um índice do Instituto de Governação de Basileia na Suíça.

O índice de 125 países toma em conta índices de instituições como a Transparência Internacional, o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional e é baseado em cinco pontos:

  • Qualidade da Estrutura de monitorização e controlo da Lavagem de Dinheiro e contra o Financiamento do Terrorismo
  • Pagamento de Luvas e Corrupção
  • Transparência e Padrões Financeiros
  • Transparência e Prestação de Contas no sector Público
  • Riscos Político e Jurídico

O Instituto sublinha que o índice “não mede a quantidade de lavagem de dinheiro ou de actividades de financiamento de terrorismo, mas tem sim como objectivo avaliar o risco dessas actividades”.

Moçambique está no topo da tabele com um índice de 8,22 de um máximo de 10.

Cabo Verde em 11º lugar com 7,01 pontos.

Angola está em 24º lugar com um índice de 6,33.

VOA