Sete crianças morreram e 57 ficaram feridas no desabamento de uma sala de aula na manhã de segunda-feira (23), na capital do Quénia, Nairobi.

A organização de serviços de saúde St John Ambulance revelou no twitter que a tragédia na “Precious Talent Top School”, ocorreu poucos minutos depois das 7 horas locais.

Mais tarde, o porta-voz do Governo, Cyrus Oguna, confirmou o número de mortos e indicou que depois do colapso do edifício 57 estudantes foram levados para o hospital para receber tratamento.

No entanto, estes números poderão vir a aumentar, uma vez que ainda estão a decorrer as operações de resgate e há informações de 10 alunos presos nos escombros.

A agência espanhola EFE acrescentou que a escola estava instalada num edifício de dois andares construído com madeira e painéis de metal.

Após o incidente, centenas de pessoas reuniram-se perto da escola em Dagoretti, uma área pobre onde muitas famílias vivem em casas improvisadas.

VOA