Sete feridos graves na sequência da rebelião registada, na manhã de ontem, no estabelecimento penitenciário regional de Nampula.

Foram todos evacuados ao hospital provincial de Nampula que deverá confirmar se há ou não óbitos. A direcção daquela cadeia diz que tudo começou quando por volta das 5 horas da manhã agentes da guarda prisional faziam a revista normal e um deles deixou cair uma granada de gás lacrimogéneo, e assim começou a confusão. Entretanto, não houve evasão.

Os reclusos atearam fogo em vários gabinetes onde estavam documentos referentes às situações penais de cada um, partiram vidros em vários departamentos, vandalizaram a cozinha e o posto de saúde localizado no recinto daquela cadeia.

Neste momento a situação está controlada, com a intervenção de várias unidades da Polícia e dos bombeiros.

A cadeia regional de Nampula alberga mais de mil e setecentos reclusos.

O País