A moeda moçambicana completa uma semana de câmbios abaixo dos 68 meticais por cada euro, numa tendência de valorização que se regista desde Abril, segundo a empresa financeira internacional Euronet.

O euro chegou a valer 72,57 meticais a 17 de Abril, o câmbio mais caro do ano, mas desde então o metical tem vindo a ganhar terreno e o euro tem ficado mais barato.

A moeda moçambicana chegou a cambiar a 66,88 euros na sexta-feira, mínimo do ano para a divisa europeia.

O valor esteve próximo do mínimo dos últimos dois anos, registado a 11 de Agosto de 2018, quando cada euro esteve a valer 66 meticais.

O Banco de Moçambique prevê uma menor pressão cambial no médio prazo devido aos “maiores influxos de moeda externa para financiar a reconstrução pós-desastres naturais”, numa alusão aos ciclones do início do ano, e para suportar “os projectos de exploração de recursos naturais”, nomeadamente gás natural, lê-se no comunicado de quarta-feira do Comité de Política Monetária.

“Espera-se, igualmente, que o preço médio do petróleo no mercado internacional continue favorável, em face do abrandamento da actividade económica global”, concluiu.

Lusa