A Guardia Civil de Espanha deteve três marroquinos na Alfândega Beni-Enzar, em Marrocos, perto da província espanhola de Melila. Os homens estavam a contrabandear pessoas dentro do motor de carros, informou a polícia em comunicado.

Uma das pessoas que teve de ser resgatadas foi uma rapariga de 15 anos. Os outros migrantes, com origem da África subsariana, são dois jovens de 20 e 21 anos. Depois de os resgatarem, os médicos tiveram de estabilizar estes jovens que tinham sintomas de asfixia e várias dores pela forma como estavam a viajar.

As pessoas encontradas viajavam dentro do capot e do painel de controlo do carros e em fundos falsos nos bancos traseiros da viatura.

As autoridades espanholas encontraram ainda outro jovem na base de um camião entre os eixos de direção. Contudo, neste caso, o homem aproveitou-se do descuido do motorista para se esconder.

Os três motoristas detidos vão ser levados a tribunal pelas autoridades para responder por crimes contra os direitos dos cidadãos estrangeiros, informou ainda a polícia espanhola equivalente à GNR.

Observador