Já é conhecida a sentença dos polícias acusados de agredir um jornalista em Cabo Delgado.

Dos três polícias acusados de deter ilegalmente e violentar um jornalista em pleno exercício das suas funções, na província de Cabo Delgado, dois foram condenados a uma pena de cinco meses de prisão convertidos em pena suspensa e um foi absolvido por insuficiência de provas, segundo a sentença lida pela juíza do caso Felicidade Fremo.

Depois da sentença, a Juíza do caso deixou um apelo aos condenados e a todos funcionários dos órgãos de justiça para pautarem por legalidade no exercício das funções.

Segundo os autos, Estácio Valoi, jornalista independente, foi detido no dia 7 de Abril de 2017, quando captava imagens da cerimónia pública das comemorações do Dia da Mulher, no campo 25 de Setembro, de onde foi levado à Esquadra da Polícia, onde permaneceu cerca de 2 horas algemado.

O País