Um jovem e duas crianças morreram afogadas, na manhã de domingo, na Praia de Chongoene, província de Gaza, em circunstâncias ainda não esclarecidas. Mas presume-se que as vítimas foram arrastadas por uma onda gigante, quando procuravam mexilhões.

Suspeita-se que os malogrados sejam da mesma família. Dois corpos foram encontrados a flutuar na Praia de Chongoene, próximo à costa, por voltas das 11h00. O terceiro foi achado por pescadores no alto mar.

As vítimas tinham aparentemente 12, 14 e 20 anos de idade, de acordo com Vitória Chambule, da Administração Marítima de Gaza.

Outra fonte do Serviço Nacional de Salvação Pública (SENSAP), em Gaza, disse ao @Verdade que ainda estavam por apurar as causas do afogamento.

Contudo, também corroborou a hipótese da Administração Marítima, segundo a qual os malogrados foram arrastadas por uma onda gigante, quando procuravam mexilhões, uma prática recorrente e desenvolvida por várias pessoas naquele ponto do país.

Jornal Notícias