Uma cidadã de nome Hortência Ferreira, de 25 anos de idade, tirou a vida do seu filho de apenas um ano e enterrou numa cratera, no distrito de Molumbo, província da Zambézia. A situação chocou os residentes daquele distrito.

Segundo a polícia ela pegou no filho fechou as narinas e simultaneamente apertou o pescoço, tendo minutos depois o filho que respondia por Ivo José perdido a vida.

“A vítima apresenta um bom estado psíquico e moral, diz ter cometido tal situação porque o menor atrapalhava a sua actividade diária que era de prostituição” disse Sidner Lonzo porta-voz da polícia.

O País