Uma mulher até então desconhecida, nasceu e deitou o bebé num bananal localizado no bairro de Nhamaonha em Chimoio. A vítima foi descoberta, já sem vida por residentes que lamentam o fenómeno que tende a agudizar-se em Manica.

É mais um caso de infanticídio que se regista em Manica, o oitavo de Janeiro a esta parte, segundo dados policiais. Um corpo aparentando um mês foi descoberto na tarde desta segunda-feira no meio de um bananal.

O assunto já mexe com a sensibilidade de algumas mães que não entendem a coragem de tal tipo de parturientes que suportam os 9 meses que dura uma gravidez para depois deitar todo o esforço abaixo.

O País