A detenção de um motorista da transportadora interprovincial “Sunrise Transport”, indiciado da prática do crime de tentativa de suborno a um agente da Polícia de Trânsito na balança do Dondo, em Sofala, constrangeu perto de 80 passageiros, que foram obrigados a permanecer quase cinco horas aguardando pela oportunidade para seguir viagem da cidade da Beira para Nampula.

O motorista, identificado por Moisés, tentou subornar um agente da Polícia de Trânsito, que fiscalizava o autocarro com a lotação superior ao previsto, com destino a Nampula.

Testemunhas oculares afirmaram que o motorista em causa tirou valores monetários para pagar a dignidade do agente e deixa-lo seguir com alguns passageiros em pé que se deslocavam a Nampula.

Só ouvimos as autoridades policiais a anunciar que o motorista acabava de ser detido indiciado por prática do crime de corrupção. Ficamos sem saber o que fazer porque estávamos longe da Beira, e as condições não estavam preparadas naquele lugar para acolher tanta gente que viajava no autocarro, razão pela qual que fomos novamente transportados para a cidade da Beira”, explicou uma das passageiras, Celina António.

Do comando Provincial da Polícia da República de Moçambique, o nosso Jornal teve a informação que um agente da Polícia de Trânsito foi quem conduziu o autocarro para o terminal Rodoviário Provincial, localizada no bairro de Matacuane, na cidade da Beira.

Esta é a décima detenção dos motoristas interprovincial indiciados por tentativa de subornar agentes policiais numa tentativa de se livrar das penalizações suscitadas por contravenções ao Código de Estrada.

As autoridades policiais em Sofala, em parceria com o Instituto Nacional de Transporte Terrestres (INATTER) tem estado a apertar o cerco contra os transportadores semi-colectivos de passageiros, principalmente os interprovinciais que são rigorosamente obrigados a cumprir o horário de partida e não circularem depois das 21 horas. A lotação de passageiros e o estado mecânico das viaturas está no leque das investigações desta equipa multissectorial.

Jornal Notícias

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK