Cinco indivíduos encontram-se a contas com as autoridades policiais na província de Nampula indiciados de condução ilegal de veículos automóveis.

De acordo com o porta-voz do comando provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), Zacarias Nacute, os indivíduos foram detidos na cidade de Nampula e no distrito de Rapale, durante as acções rotineiras de fiscalização aos automobilistas.

Referiu que após a sua identificação, os indiciados tentaram subornar os agentes da Polícia de trânsito com valores monetários, facto que também contribuiu para a sua detenção, encontrando-se agora nas celas da corporação a aguardar pela sua responsabilização criminal.

No que toca a outras ocorrências criminais, Zacarias Nacute disse que a polícia registou, durante a semana passada, 12 casos contra oito de igual período do ano passado, os quais foram todos esclarecidos e encaminhados às autoridades judiciais.

Ainda em Nampula, a polícia registou casos de conflito Homem/fauna bravia no distrito de Nacala-a-Velha, caracterizados por ataques de crocodilo e elefante, de que resultou na morte de uma pessoa.

Quanto à sinistralidade rodoviária, a PRM registou dois casos, dos quais um na capital e outro em Rapale de que resultaram dois mortos e igual número de feridos, sendo um grave e outro ligeiro.

Tratou-se de acidentes do tipo atropelamento, os quais foram causados por excesso de velocidade e má travessia de peões, segundo explicou a fonte.

Jornal Notícias