A indústria hoteleira e turística no país ressentiu-se no período compreendido entre 2011 e 2013 com uma queda de 4,1 pontos percentuais no Produto Interno Bruto (PIB) devido a tensão político-militar que se registou nas regiões centro e norte.

Segundo o Secretário-Geral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Hoteleira, Turismo e Similares, Luís Macuácua, citado pelo portal macauhub, em 2013 o peso do sector no PIB foi de 7,9 por cento contra 12 por cento registados em 2011.

Macuácua almeja que o recente acordo de cessação das hostilidades entre o Governo e a Renamo possa devolver a anterior contribuição do sector para o PIB no país.

O sector do turismo é um grande aliado para o incremento da economia no país.

O ano de pico foi 2010, quando Moçambique arrecadou receitas estimadas em 187,3 milhões de dólares norte-americanos provenientes do sector do Turismo, período em que pouco mais de 1,8 milhões de turistas estrangeiros escalaram o país, de acordo como Ministério do Turismo.