O Ministro das Finanças, Manuel Chang, em representação do Governo moçambicano e o Director da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento, Peter Weinert, em representação do Governo alemão, rubricaram na manhã desta terça-feira (26), um acordo de financiamento no valor de 15 milhões de euros para o apoio a implementação do Plano Estratégico da Educação (PEE).

O donativo, que se insere na cooperação bilateral existente entre os Governos moçambicano e alemão, segundo o Ministro das Finanças, Manuel Chang, constitui a continuidade do apoio alemão ao Fundo de Apoio ao Sector da Educação (FASE), por via do compromisso financeiro assumido no âmbito do Memorando de Entendimento celebrado em Dezembro de 2012.

Para o titular da pasta das Finanças “este acto reflecte o progresso e a confiança mútua das partes, na implementação das acções conducentes à melhoria do nível de educação e na promoção do desenvolvimento sócio -económico inclusivo em Moçambique”.

Por seu turno, o Director da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento, Peter Weinert, destacou a fraca qualidade de ensino e a construção de escolas como sendo os desafios que o Sector da Educação ainda enfrenta no país, tendo garantido que a Alemanha encontra-se disponível para dar continuidade no apoio ao FASE durante os próximos dois anos “com o mesmo espírito de confiança e amizade”.

Intervindo no fim da cerimónia, o Director da área de Planificação e Cooperação do Ministério da Educação (MINED), Manuel Rego, explicou que os recursos recentemente disponibilizados pela Alemanha destinam-se a diversas actividades com enfoque “à construção e reabilitação da rede escolar, melhoria de qualidade de ensino, a formação dos professores, bem como na melhoria da estrutura organizacional da educação no sistema nacional”.

Rego adiantou que o MINED encontra-se a trabalhar no sentido de concluir até ao fim do ano em curso a construção de cerca de 1000 salas de aulas para o ensino primário em todo o território nacional, financiada pelo FASE através dos recursos disponibilizados pela Alemanha.

Referir que o valor ora disponibilizado serão desembolsados no próximo mês.