A Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE), uma instituição adstrita ao Ministério moçambicano da Indústria e Comercio (MIC), constatou que as lojas da rede Shoprite, localizadas em Maputo, Matola e Boane vendem produtos fora do prazo.

Segundo um comunicado de imprensa daquela entidade governamental recebido hoje pela AIM, as brigadas da INAE visitaram os centros comerciais da Shoprite, tendo a sua acção tido enfoque para os sectores de manuseamento de produtos no local.

Após isso, procedeu-se a colheita de amostras de produtos confeccionados para análises laboratoriais.

“Como resultado preliminar das actividades inspectivas, foram encontradas 26 variedades de produtos fora de prazo e diversos alimentos a serem comercializados e expostos para o consumo com rótulo irregular”, diz a nota.

O documento avança que estão em curso os procedimentos com vista a aplicação de sanções na sequência das infracções cometidas.

A visita da INAE à cadeia de supermercados Shoprite foi efectuada após uma denúncia publicada, há dias, por um órgão de informação nacional, que mencionou a venda de produtos fora do prazo nas lojas deste grupo comercial.

No seu comunicado, o INAE encoraja os cidadãos e instituições a denunciarem situações similares.