Moçambique negocia compra de trigo na Argentina
O governo de Moçambique está a negociar com as autoridades da Argentina o fornecimento garantido de trigo e a preços fixos às empresas de moagem do país, disse o ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga.

Citado pela agência noticiosa moçambicana AIM, o ministro precisou que objectivo é garantir a estabilidade de preços do trigo no país e reduzir os encargos do governo referentes ao pagamento de subsídio às empresas de panificação.

Apesar de possuir grande potencial para produzir trigo, Moçambique ainda é um país fortemente dependente da importação deste produto cujos preços nos mercados internacionais têm sido caracterizados no passado recente por uma grande volatilidade.

“Com este acordo vamos poder comprar o trigo a preços fixos, o que significa que as aquisições feitas por exemplo em Junho, Agosto ou Setembro serão feitas na base de um preço fixo, previamente estabelecido, ainda que no mercado internacional os preços se alterem”, concluiu.

Antecipando que as negociações poderão ficar concluídas até Junho próximo, Inroga salientou que até essa data ainda haverá um encontro entre as partes que poderá decorrer ou em Maputo ou em Buenos Aires.

A aquisição de trigo é actualmente efectuada pelas empresas de moagem de Moçambique que depois distribuem a farinha pelas panificadoras e restantes indústrias alimentares.

Em 2010, o governo estabeleceu um subsídio as moageiras para minimizar o impacto da volatilidade de preços do trigo no mercado internacional, tendo no caso de 2012 sido inscrito no Orçamento de Estado o montante de 615,3 milhões de meticais para subsidiar a farinha de trigo.