Nova fábrica de cimento inicia actividade em Boane
Uma nova fábrica de cimento com capacidade para produzir 240 mil toneladas por ano está já em funcionamento no Parque Industrial de Beluluane, no distrito de Boane, província de Maputo.

Representando um investimento de 8,3 milhões de dólares de empresários turcos e egípcios, a fábrica importa do Dubai em quantidades que permitem assegurar uma produção mensal de 20 mil toneladas de cimento as matérias-primas, nomeadamente calcário, gesso e clinquer.

O director fabril Mert Balcik disse ao jornal que a opção pela construção da fábrica no Parque Industrial de Beluluane tem a ver com o facto de ali haver muitas indústrias a funcionar, algumas das quais foram particularmente importantes na fase de instalação do empreendimento.

O governo de Moçambique oferece um conjunto de facilidades, tais como isenções e reduções nas taxas aduaneiras na importação de matérias-primas para indústrias estabelecidas no Parque Industrial de Beluluane, dispondo a zona de transporte aéreo e marítimo fiável e de acesso rodoviário à África Austral.

Beluluane é uma zona industrial e zona franca com uma área total de aproximadamente setecentos hectares a cerca de 16 quilómetros da cidade de Maputo, sendo resultado de uma parceria entre o Estado moçambicano, representado pelo Centro de Promoção de Investimentos, e a Chiefton (Moçambique), subsidiária do grupo australiano Chiefton Management Pty Ltd especializado em desenvolvimento e gestão de propriedades.