inseminação artificial em gado bovino
A Fundação Vale vai investir no desenvolvimento da inseminação artificial em Moçambique. Trata-se de uma tecnologia que tem em vista acelerar o melhoramento genético do gado bovino, carne e leite no país.

O acordo para o efeito foi assinado, semana passada, entre a Fundação Vale e o Ministério da Agricultura (MINAG). Trata-se, segundo um comunicado do MINAG, de um protocolo de cooperação para a implementação do Programa Nacional de Inseminação Artificial em Moçambique, uma iniciativa criada no âmbito da Estratégia de Desenvolvimento Agrário.

O programa prevê a promoção do uso da tecnologia de inseminação artificial junto de criadores de gado bovino em todas as províncias do país com condições agro-ecológicas favoráveis à prática desta tecnologia de reprodução animal.

“O protocolo preconiza que a Fundação Vale se responsabilize pelo investimento, aprovisionamento e disponibilização ao Ministério da Agricultura de material genético, kits de inseminação artificial, entre outros, bem como pelo apoio aos cursos de inseminação artificial que serão realizados pelo próprio Ministério”, refere o comunicado.