Sociedade Ministério Público arquiva processo da morte do embaixador russo

Ministério Público arquiva processo da morte do embaixador russo

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

O Ministério Público de Moçambique decidiu arquivar o processo de investigação da morte do embaixador da Rússia, Alexander Surikov, ocorrida no sábado em sua residência, em Maputo.

A decisão foi tomada após o governo russo concluir que a morte de Surikov foi devido a causas naturais. A informação foi divulgada pelo porta-voz do décimo sétimo Conselho Coordenador do Ministério Público, Nazimo Mussá, durante o jornal matinal da Rádio Moçambique.

Segundo Mussá, as autoridades diplomáticas russas afirmaram que se tratava de uma morte natural e, por meio de um documento oficial enviado ao Ministério Público em Maputo, isentaram as autoridades moçambicanas de qualquer responsabilidade no assunto.

Portanto, o processo foi arquivado, e o Ministério Público desistiu de continuar com a investigação. Alexander Surikov havia apresentado suas credenciais ao Presidente da República, Filipe Nyusi, em 2017.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.