Sociedade Maputo proíbe confecção e venda de alimentos nos passeios para combater intoxicações...

Maputo proíbe confecção e venda de alimentos nos passeios para combater intoxicações alimentares

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

O Conselho Municipal da Cidade de Maputo (CMCM) lançou uma campanha para sensibilizar e retirar cidadãos que confeccionam e vendem alimentos nos passeios.

Segundo a vereadora da Saúde, Qualidade e Vida, Alice de Abreu, a campanha tem como principal alvo os vendedores que não reúnem condições mínimas de higiene, saúde e segurança para exercerem a sua atividade.

Abreu explicou que a medida surge após a cidade de Maputo ter registado 10.155 casos de diarreias devido a intoxicação alimentar, que deram entrada no Hospital Central de Maputo (HCM) desde 01 de janeiro até ao último domingo.

“Os alimentos são confeccionados sem a observância das condições mínimas de saneamento e higiene, propiciando o acúmulo de resíduos sólidos nos locais onde é realizada”, alertou Abreu em conferência de imprensa. A falta de higiene adequada contribui para o aumento de doenças infecciosas, sendo que muitas delas manifestam-se através de diarreias.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.