Politica PR faz mexidas nas FADM

PR faz mexidas nas FADM

O Presidente da República e comandante em Chefe das Forças de Defesa e Segurança, Filipe Nyusi, exonerou Samuel Luluva, do cargo de comandante do Instituto Superior de Estudos de Defesa Tenente-General Armando Emílio Guebuza e David Munongoro do cargo de Vice-Comandante da mesma instituição; e o Tenente Freitas Norte do cargo de vice-comandante da Academia Militar “Marechal Samora Machel”.

No uso das competências conferidas pela alínea a) do nº 2 do artigo 163 do Estatuto do Militar das Forças Armadas de Defesa de Moçambique, o Chefe de Estado determinou ainda a passagem à Reserva do Brigadeiro Albino Gabriel Mandlate.

No âmbito das mexidas nas FADS, Nyusi, no uso das competências conferidas pela alínea e) do artigo 160 da Constituição da República, e sob proposta do Ministro da Defesa Nacional e ouvido o Conselho Nacional de Defesa e Segurança, determinou a promoção dos seguintes oficiais: Brigadeiro Tenente Freitas Norte ao posto de Major-General; Coronel Moisés Manuel Cau ao Posto de Brigadeiro; e o Capitão-de-mar-e-guerra Patrick Luis Enessi ao posto de Comodoro.

Em Despachos Presidenciais separados, o Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança, nomeou o Tenente Freitas Norte para o cargo de Comandante do Instituto Superior de Estudos de Defesa “Tenente-General, Armando Emílio Guebuza, Moisés Cau para o cargo de vice-comandante para a Área Académica e Patrick Luis Enessi para o cargo de vice-comandante para a área administrativa, da mesma instituição.