Elon Musk acaba de ultrapassar Jeff Bezos no ranking dos “mais ricos do mundo”. Seu patrimônio líquido está avaliado em mais de US$ 185 bilhões (quase R$ 1 trilhão em conversão direta).

O aumento no valor das ações da Tesla nesta quinta-feira (7) foi relevante para que Musk conseguisse destronar Bezos. O empresário estadunidense — conhecido por fundar, e ocupar o cargo de presidente e CEO da Amazon — tem fortuna avaliada atualmente em US$ 184 bilhões.

O crescimento repentino da riqueza do CEO da Tesla e da SpaceX desde o ano passado, marca a subida mais rápida da história até o topo do ranking.

No início de 2020, Elon Musk tinha patrimônio estimado em “apenas” US$ 27 bilhões, o que na ocasião não era suficiente para entrar nem mesmo no top 50 da lista.

O executivo havia ultrapassado o investidor e filantropo americano Warren Buffett em julho do ano passado, ocupando então a posição de sétima pessoa mais rica do mundo. Em novembro, Musk também ultrapassou Bill Gates, subindo para a segunda posição do ranking.

As ações da Tesla estão em negociação por cerca de US$ 790, e o valor de mercado da companhia corresponde a US$ 737,6 bilhões. Vale lembrar que a montadora de carros elétricas é considerada a empresa mais valiosa da indústria automotiva atualmente, desbancando outras gigantes como a japonesa Toyota.